Retrospectiva da carreira da artista catarinense ELI HEIL

Entre 10 de dezembro e 22 de março de 2015 o Museu de Arte de Santa Catarina, Florianópolis, exibe 180 obras, entre desenhos e pinturas, da “outsider” catarinense nascida em 1927.

Convite_topo

A abrangente retrospectiva ocupa todo o museu e apresenta a evolução da obra da artista desde o início da década de 60, quando foi lançada nacionalmente pelos críticos João Evangelista de Andrade Filho e Walter Zanini. Em destaque, três grandes painéis, dois de 22 m e um de 32 m de comprimento, pintados entre 2002 e 2008, expostos pela primeira vez. Nestes mais de 50 anos de atividade, apesar do inevitável contato com a arte tradicional, como individuais no MAC-USP, MARGS e Museu de Arte da Brasília, e coletivas, como na Bienal de São Paulo, Bienal de Liubliana ou no Museu Louisiana, na Dinamarca, Heil se manteve fiel ao seu imaginário, alheia à arte do passado e do presente, voluntariamente enclausurada em seu “Mundo Ovo”. Ao invés de adotar os conceitos da arte atual, assistiu a incorporação da arte “outsider” ao universo da arte contemporânea.

Convite_rodape

Fonte: http://goo.gl/enwZnr

 button